Explosão em mina na Colômbia deixa pelo menos 14 desaparecidos

A explosão de gás metano ocorreu numa mina junto à fronteira com a Venezuela.

As autoridades da Colômbia anunciaram que pelo menos 14 mineiros estão desaparecidos e um ficou ferido, numa explosão numa mina no norte do país, junto à fronteira com a Venezuela.

A Defesa Civil colombiana sublinhou que, segundo "informações da comunidade", há "14 pessoas desaparecidas devido aos efeitos da explosão de gás metano numa mina localizada na aldeia de La Mestiza", na região de Santander do Norte, de acordo com um comunicado divulgado na segunda-feira à noite.

"Até agora, uma pessoa foi transferida para um posto de atendimento com queimaduras de terceiro grau. Além disso, tem sido injetado ar na mina através de ventiladores para evacuar gases residuais de metano, e [fornecer] oxigénio às pessoas que estarão presas", acrescentou a agência.

As operações de resgate contam 12 voluntários e um funcionário da Defesa Civil, três ambulâncias dos serviços de saúde, assim como pessoal especializado em socorro em minas, membros do exército colombiano e da autarquia de El Zulia.

Em 05 de maio, um mineiro venezuelano e um colombiano morreram, na sequência de uma explosão de gás metano numa mina, no centro da Colômbia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG