Como se ganham e perdem as estrelas Michelin?

Estava anunciado e cumpriu-se. À duplicação do número de estrelas em território nacional na edição de 2017 do Guia Michelin, não será estranha a boa fase que a alta cozinha atravessa no nosso país - ou a nossa crescente exposição como destino turístico -, mas muitos veem nesta «operação de charme» uma intenção real, por parte dos responsáveis do guia, de promover uma maior aproximação à nossa realidade. Claro que ainda estamos longe do ideal. O guia foi criado numa época diferente, em que tudo era muito mais simples e a gastronomia francesa uma referência incontornável que servia de bitola [...]

Para saber mais clique aqui: www.evasoes.pt

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG