Premium Portugueses vão ao engano tirar carta de navegação em Espanha, "que não dá para quase nada"

Carta de navegação em Espanha, com quatro horas de prática e duas de teoria, por 150 euros. Cinco vezes menos horas do que em Portugal e por um terço do preço. O problema é que não dá para navegar a mais de 3,2 km do porto.

Os anúncios às licenças de navegação tiradas em Espanha e com validade em Portugal começaram há dois/três meses. Dizem que é uma "carta de marinheiro", sem exame e que é vitalícia. É verdade que qualquer carta de recreio tirada num país da UE é reconhecida em Portugal (artigo 39.º da Lei n.º 93/2018) e muitos "marinheiros" vão às escolas espanholas para obter uma licença. O problema é que este documento só dá para navegar até duas milhas (3,2 km) do porto.

"As pessoas estão a ser enganadas", diz Fernando Sá, dirigente da Associação Naval de Lisboa (ANL), salientando: "Há entidades em Portugal que têm aproveitado para divulgar informação sobre a licença de navegação tirada em Espanha, mas não dá para quase nada. Anunciam que é uma carta de marinheiro, mas é muito básica. É como se eu fosse tirar uma carta de bicicleta para conduzir uma moto."

Ler mais

Exclusivos