Premium Receitas dos casinos perdem para jogo online e raspadinha

A atração dos jogadores pelo online e pelas raspadinhas está a dar azar às contas dos casinos portugueses. As receitas caíram 1% nos primeiros seis meses deste ano.

A sorte não bafejou o negócio dos casinos portugueses nos primeiros seis meses do ano. As receitas brutas com a exploração do jogo dos onze casinos a operar no país somaram 150 milhões de euros, uma quebra de 1% face ao primeiro semestre de 2018, segundo os números da Associação Portuguesa de Casinos a que o DN/Dinheiro Vivo teve acesso. E a queda só não foi maior graças a um maior dinamismo em maio e junho. O grupo Estoril Sol, detido pelo macaense Stanley Ho, é o mais afetado.

Ler mais

Exclusivos