Exclusivo Netanyahu encosta Gantz às cordas antes de chegarem a acordo

Prazo para formação do governo deverá ser estendido, após novos focos de desentendimento para a formação de governo de emergência e unidade.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu acrescentou mais uma camada de incerteza e de cinismo ao dar o dito por não dito e recusar que no futuro governo de unidade o seu principal adversário fique com a nomeação de juízes. Netanyahu e Gantz concordaram em reatar negociações após a Pessach, a Páscoa judaica.

"Os dois falaram da necessidade de um governo nacional de emergência para o bem da nação neste momento e concordaram em prosseguir as discussões após o período de férias", de acordo com uma declaração conjunta divulgada na quinta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG