Premium Freguesias com mais turismo ganham cinco milhões de euros para a limpeza urbana

Lisboa afeta parte das receitas da taxa turística à limpeza. Santa Maria Maior, Misericórdia e Santo António, as mais "turísticas", são as que mais recebem

A Câmara de Lisboa vai destinar cinco milhões de euros, da taxa turística cobrada pelas dormidas na cidade, à limpeza urbana das freguesias da capital mais afetadas pela pressão turística. São 20, com Santa Maria Maior, Misericórdia e Santo António a arrecadarem praticamente metade do valor global - 2,3 milhões de euros. Santa Maria Maior, que gere zonas como a Baixa, a Sé, o Castelo de São Jorge ou Alfama, leva uma fatia de 1,3 milhões.

De acordo com o relatório que sustenta a atribuição destas verbas, elaborado pelos serviços da autarquia e a que o DN teve acesso, depois de Santa Maria Maior (que recebe 27% do valor total) surge a Misericórdia, com 564 mil euros (11,2%). Seguem-se Santo António (435 mil euros) e Arroios (330 mil). Há quatro freguesias que, para já, não são contempladas com qualquer verba: Santa Clara, Benfica, Carnide e Marvila. O documento camarário conclui que não há pressão turística que justifique um aumento do investimento financeiro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

educação

O que há de fascinante na Matemática que os fez segui-la

Para Henrique e Rafael, os números chegaram antes das letras e, por isso, decidiram que era Matemática que seguiriam na universidade, como alunos do Instituto Superior Técnico de Lisboa. No dia em que milhares de alunos realizam o exame de Matemática A, estes jovens mostram como uma área com tão fracos resultados escolares pode, afinal, ser entusiasmante.