Premium O ícone de uma Chaimite na Assembleia da República

O texto que aí fica reproduz as palavras que proferi, na Assembleia da República, na passada sexta-feira, dia 4, na abertura da exposição Cinquenta Anos a Fazer P.Arte, de António Colaço.

Estudante em Roma, fui à Basílica de São Pedro muitas, muitas vezes, só para ver a Pietà. De um bloco de mármore, Miguel Ângelo arrancou a Pietà, que nos comove, e, imóveis, olhamos e olhamos... e contemplamos... o que lá está: a dor, a compaixão de uma mãe com o filho morto nos braços, toda a ternura compassiva do mundo, e mais e mais... E nunca nos cansamos de olhar. Aquele mármore é sempre mais do que mármore... foi transfigurado, transfigurou-se.

Ler mais

Exclusivos