Irlanda retira de circulação as moedas de 1 e 2 cêntimos

Bélgica, Suécia, Holanda, Finlândia e Dinamarca já tomaram decisão semelhante.

As autoridades da Irlanda decidiram retirar de circulação gradualmente a partir de finais de outubro as moedas de um e dois cêntimos, noticia hoje o jornal The Guardian.

Com esta decisão, a Irlanda junta-se a outros países europeus, como a Bélgica, Suécia, Holanda, Finlândia ou Dinamarca, que optaram por uma solução idêntica. O banco central explicou que o custo de produção destas moedas é superior ao seu valor facial.

A partir de agora as transações que envolvam estas moedas serão arredondadas para os cinco cêntimos mais próximos, com a concordância dos compradores.

A retirada gradual das moedas em causa segue-se a uma experiência feita em 2013 que mostrou que a maioria dos consumidores e dos vendedores concordava com o arredondamento.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG