Oficial: André Gomes no Everton a título definitivo

Internacional assinou até junho de 2024 pelo clube que tem Marco Silva como treinador. Barcelona encaixa 24,6 milhões de euros

André Gomes assinou pelo Everton a título definitivo até junho de 2024, anunciou esta terça-feira o clube inglês, que pagou 22 milhões de libras (24,6 milhões de euros) ao Barcelona pelo passe do médio internacional português, podendo o valor da transferência aumentar mediante a concretização de determinados objetivos.

"Estou muito feliz por assinar contrato com o Everton. Não foi difícil decidir, foi uma decisão fácil e estou muito feliz de a ter feito", disse o centrocampista, em declarações reproduzidas pelas plataformas digitais dos toffees.

"Sei que o clube fez um esforço enorme para me contratar e estou muito feliz e agradecido aos dirigentes. Disse durante o ano que senti-me parte da família e que isso era o mais importante para mim", reconheceu o jogador de 25 anos, que na época anterior esteve cedido pelos catalães ao emblema de Liverpool.

"O ano passado foi uma experiência realmente boa para mim. Apenas queria sentir que fazia parte de algo especial e encontrei isso aqui. Foi bom para mim na altura e agora, que assinei pelo Everton, ainda é melhor", acrescentou.

André Gomes assina pelo Everton três anos depois de ter custado 37 milhões de euros aos cofres do Barcelona, que o recrutou ao Valência após a conquista do Euro 2016. Antes tinha, representado o Benfica, clube onde concluiu a formação.

Já tem direito a canção

André Gomes estreou-se pelo Everton em outubro do ano passado, numa vitória por 2-0 sobre o Crystal Palace em Goodison Park, e dois meses bastaram para que os adeptos se rendessem a ele ao ponto de lhe dedicar uma canção.

"Ele é muito bom; diferente dos outros; o nome dele é André Gomes; e ele é o melhor..." Esta é apenas uma parte da letra que os adeptos do Everton inventaram e que agradou ao médio português. "Soa bem. Obrigado pelo apoio. Gostei mesmo", escreveu no Twitter.

Exclusivos