Premier League. Bilhetes para visitantes custam no máximo 34 euros. E em Portugal?

Os clubes do principal campeonato inglês decidiram manter os preços durante as próximas três épocas para manter as boas assistências nos jogos

Os clubes da Premier League decidiram esta quinta-feira manter em 30 libras (34 euros) o preço máximo dos bilhetes destinado aos adeptos das equipas visitantes para os jogos daquela competição.

A decisão será válida para as próximas três temporadas, dando assim seguimento a uma medida tomada em 2016 para terminar com os protestos dos adeptos sobre os preços praticados. Em 2013, os fãs do Manchester City chegaram mesmo a boicotar um jogo com o Arsenal, em Londres, porque os gunners colocaram os ingressos a 71 euros.

Este limite máximo em Inglaterra fez com que nas últimas quatro épocas os clubes da Premier League tenham atingido uma média de 96% de ocupação dos estádios, o que representa recordes de assistências comparando com temporadas anteriores.

Curiosamente, ver um jogo da Premier League como adepto visitante sai mais barato que assistir a um jogo da Liga portuguesa, pois de acordo com o comunicado oficial n.º1 da Liga Portugal para a época 2018/19, o preço mínimo está nos 30 euros mais IVA, perfaz 36,90 euros, para os estádios de nível 3, como são por exemplo os do Desp. Chaves ou Moreirense.

Já para os estádios de nível 2, como é por exemplo o do Boavista, o preço máximo sobe para os 45 euros, mais IVA, enquanto para os recintos de nível 1, como a Luz, José Alvalade ou Dragão, os montantes a despender chegam aos 75 euros mais IVA.

Houve até já casos em que os clubes portugueses ultrapassaram os limites máximos impostos pela Liga, como na época 2016/17, em que o Desp. Chaves colocou à venda ingressos a 80 euros para um jogo com o Benfica, tendo depois a Liga Portugal obrigado a baixar esses valores para aquilo que contemplava os regulamentos: 36,90 euros (já com IVA).

Ler mais

Exclusivos