Sérgio Conceição recusou cumprimentar Frederico Varandas

Técnico do FC Porto rejeitou o cumprimento do presidente do Sporting

Sérgio Conceição recusou cumprimentar o presidente do Sporting, Frederico Varandas, quando este lhe estendeu a mão na tribuna presidencial do Estádio do Jamor, após a equipa portista recebeu as medalhas de finalista vencido, depois de ter perdido a Taça de Portugal para o Sporting, nas grandes penalidades.

O técnico portista abanou a cabeça em sinal negativo quando o dirigente leonino lhe estendeu a mão e disse ainda algumas palavras a Varandas quando, à saída da tribuna, passou atrás do presidente do Sporting. Um episódio que está a ser largamente reproduzido nas redes socais.

Confrontado com isso na sala de Imprensa o treinador não quis esclarecer o que se passou. Já o presidente do Sporting desvalorizou. "Não percebi, nem consegui ouvir... O barulho dos festejos dos adeptos do Sporting estava demasiado alto, não consegui perceber. Num dia destes, isso não interessa para nada", garantiu o líder leonino.

Um "incidente" que surge no final de uma semana em que o Sporting apresentou queixa contra Sérgio Conceição no Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, argumentando que o treinador portista terá agredido o guarda-redes Renan Ribeiro, no clássico da última jornada do campeonato, no passado fim de semana. No dia seguinte, o Conselho de Disciplina instaurou um processo disciplinar ao técnico portista.

Exclusivos