Fernando Gomes apresenta lista à FPF com Hélder Postiga na direção

Antigo avançado do FC Porto e Sporting junta-se aos também ex-jogadores, Humberto Coelho, João Vieira Pinto, Pedro Pauleta na lista do atual presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

Fernando Gomes formalizou esta sexta-feira a entrega das listas candidatas aos órgãos sociais da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para as eleições de 10 de julho, com o ex-futebolista Hélder Postiga na direção.

De acordo com a lista, a que a Lusa teve hoje acesso, o elenco para a direção federativa volta a contar com Humberto Coelho, João Vieira Pinto, Pedro Pauleta, José Couceiro, Pedro Dias, Mónica Jorge e Rui Manhoso, aos quais se juntam o antigo avançado Hélder Postiga e José Alberto da Costa Ferreira, atual presidente da associação de Viseu.

Relativamente ao atual mandato registam-se as saídas de Carlos Coutada, Elísio Carneiro, que transita para o Conselho Fiscal, e Júlio Vieira, assim como de Hermínio Loureiro, que tinha suspendido o mandato de vice-presidente em janeiro, na sequência da acusação do Ministério Público na operação Ajuste Secreto, e que foi substituído por Couceiro.

Júlio Vieira, atual diretor cooptado e antigo presidente da associação de Leiria, é o primeiro suplente ao executivo, numa lista que volta a contar ainda com Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), e com o treinador Jesualdo Ferreira.

À já conhecida cabeça de lista para o Conselho de Disciplina (CD), Cláudia Santos, para suceder a José Manuel Meirim, junta-se o nome de Luis Verde de Sousa para presidir ao Conselho de Justiça (CJ), além dos atuais líderes dos restantes órgãos, casos de José Fontelas Gomes, no Conselho de Arbitragem (CA), de Ernesto Ferreira da Silva, no Conselho Fiscal (CF), e de José Luís Arnaut, na Mesa da Assembleia-Geral (MAG).

Fernando Gomes, de 68 anos, candidata-se a um terceiro mandato, nas eleições de 10 de julho, depois de ter concorrido sem oposição às eleições de 4 de maio de 2016, alcançando 92% dos votos, e de ter sido eleito pela primeira vez em 10 de dezembro de 2011, ao derrotar Carlos Marta por 10 votos (46 contra 36), sucedendo a Gilberto Madail na presidência da FPF.

Termina hoje o prazo de entrega de listas para os órgãos sociais federativos para o próximo ato eleitoral.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG