Lev Yashin é o rosto do cartaz do torneio

O mítico guarda-redes, contemporâneo de Eusébio e um dos símbolos do futebol na antiga União Soviética, é o rosto do cartaz do Mundial 2018, que foi esta terça-feira apresentado

A três dias do sorteio da fase final, que decorrerá na Rússia entre 14 de junho e 15 de julho, a organização revelou o cartaz, no qual sobressai Yashin, apelidado de Aranha Negra, por equipar sempre de negro.

Na cerimónia estiveram presentes o vice-primeiro-ministro russo e presidente do Comité organizador, Vitali Mutko, a secretária-geral da FIFA, Fatma Samoura, e o guarda-redes do CSKA Moscovo e da seleção russa, Igor Akinfeev, embaixador do Mundial.

"Não tivemos nenhuma dúvida em como devia ser o cartaz. Devia representar o rosto e a força do futebol nacional", explicou Vitali Mutko.

Lev Yashin, considerado o melhor guarda-redes do século XX, foi o único guardião a vencer a Bola de Ouro atribuída pela France Football, em 1963.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG