João Sousa cabeça-de-série no Australian Open

Português fará história no torneio australiano, um dos mais importantes a nível mundial

João Sousa vai ser cabeça-de-série do Australian Open. Será a primeira vez que um tenista português figurará entre os 32 pré-designados do torneio australiano, o primeiro Grand Slam de 2016, cujo quadro principal arranca no dia 18 de janeiro em Melbourne.

Com a desistência de Richard Gasquet anunciada já há vários dias, a confirmação de que Sousa será um dos cabeça-de-série, foi confirmada com as derrotas de Leonardo Mayer (em Doha) e Gilles Muller (em Chennai) esta quinta-feira, os últimos dois tenistas que ainda o poderiam ultrapassar esta semana.

Será a segunda vez que o português, atual n.º33 do ranking mundial, vai ser cabeça-de-série num torneio do Grand Slam. A outra foi na edição de 2014 do US Open.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.