Transferência de Casillas para o FC Porto investigada

Guerra de empresários motivou queixa em tribunal de Palma de Maiorca

A transferência de Casillas do Real Madrid para o FC Porto vai ser investigada por um tribunal espanhol, de Palma de Maiorca. Em causa está uma queixa por fraude interposta por um grupo de empresários maiorquinos contra o agente FIFA Santos Marquez, que intermediou a operação que trouxe o guarda-redes espanhol para Portugal.

Segundo notícia do sítio Ultimahora.es, a transferência de Casillas para o FC Porto foi financiada através de capital maiorquino e Santos Marquez foi o empresário que liderou a operação. Agora, um grupo de investidores maiorquinos apresentou queixa contra o empresário FIFA por alegada fraude, invocando que na assinatura final do contrato o agente de Madrid deixou esse grupo à margem e utilizou outra empresa.

Os investidores maiorquinos consideram que Santos Marquez terá utilizado essa sociedade para se apropriar indevidamente de uma elevada comissão.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG