José Fonte: "Esperamos um jogo dificílimo, uma batalha"

Defesa central vai fazer o terceiro jogo a titular, frente ao País de Gales

Para José Fonte "o País de Gales é uma equipa fortíssima". E "se está nas meias-finais é porque merece. Tem feito um percurso fenomenal. Tirando um ou outro, jogam na Liga inglesa. São jogadores de grande paixão e que trabalham uns pelos outros", elogiou o central, na conferência de imprensa de antevisão do jogo entre Portugal e o País de Gales, a contar para as meias-finais do Euro 2016.

E rejeitou a ideia de que são menos dotados tecnicamente: "São jogadores de grande qualidade técnica, que estão a um nível muito alto."

Por isso vai ser um duelo intenso contra a seleção galesa. "Esperamos um jogo dificílimo, uma batalha. Estivemos a preparar o plano a semana toda para ganharmos com as nossas armas", disse o central, que se prepara para o terceiro jogo a titular no Europeu.

José Fonte lembrou os sacrifícios que teve de passar para chegar à Seleção, onde finalmente reencontrou o amigo de juventude e ex-colega na formação do Sporting, Cristiano Ronaldo. "Foi realmente uma história diferente da do Ronaldo, ele teve uma ascensão meteórica. Foi cedo para o Manchester United e a partir daí todos sabemos... Eu tive de trabalhar muito, fui emprestado de clube para clube para tentar melhorar, passei por diversas ligas e ir para Inglaterra foi o melhor que me aconteceu. Cresci muito como jogador e pessoa, aprendi muito. Sobretudo no Southampton. Depois de chegar à Premier League o mister Fernando Santos permitiu-me cumprir o sonho de chegar à Seleção. Foi preciso muito sacrifício e trabalho", revelou o defesa que se estreou por Portugal em novembro de 2014, num amigável contra a Argentina.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG