Praxe de Braga usa cruz suástica e causa revolta

Um aluno do curso de Biologia Aplicada foi fotografado com uma braçadeira com o símbolo nazi

A fotografia de uma situação de praxe no polo de Braga da Universidade do Minho gerou indignação nas redes sociais: um dos alunos tem uma braçadeira com a cruz suástica, símbolo do nazismo, conta hoje o Jornal de Notícias. A ação ter-se-á realizado há poucos dias e já foi condenada pelo presidente da Associação Académica e pelo reitor.

"Tenho pena e lamento que haja alunos que usem braçadeiras nazis", disse ao JN o reitor António Cunha, salientando que o incidente decorreu no exterior da Universidade.

O presidente da Associação Académica da Universidade do Minho, Bruno Alcaide, também lamenta o incidente e refere ao jornal que pretende reunir com os representantes do curso. "Dizem-me que a imagem e o uso do símbolo nazi foi uma sátira irrefletida", acrescenta.

De acordo com o JN, a fotografia em causa foi divulgada através das redes sociais e gerou indignação.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular