Portugal entre os onze países que vão cooperar na investigação do escândalo Odebrecht

Dimensão do escândalo de corrupção tem gerado indignação em vários países. No Perú, duas mil pessoas saíram ontem à rua.

Magistrados de onze países latinos, incluindo Portugal, estão reunidos em Brasília até esta sexta-feira para acertarem estratégias na investigação do escândalo de subornos envolvendo a empresa

Os procuradores-gerais de 11 países comprometeram-se na quinta-feira a criar equipas de trabalho comuns para coordenar as suas investigações sobre o escândalo de corrupção da empresa brasileira Odebrecht que abalou a América Latina.

Comprometem-se a "promover a formação de equipas comuns de inquérito, bilaterais ou multilaterais, que permitam investigar de maneira coordenada o caso Odebrecht", segundo um comunicado assinado pelo Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Portugal, Peru, República Dominicana e Venezuela.

O encontro entre os magistrados de mais de uma dezena de países, previsto para quinta-feira e hoje, visa "responder a todos os pedidos de informação, num assunto que é coberto pelo segredo de instrução", disse à AFP uma pessoa envolvida na organização da reunião, fechada à imprensa.

Segundo documentos publicados a 21 de dezembro pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a Odebrecht terá alegadamente pagado subornos relativamente a mais de uma centena de projetos em 12 países da América Latina e África, de aproximadamente 788 milhões de dólares norte-americanos.

Em causa Angola, Argentina, Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Guatemala, México, Moçambique, Panamá, Perú e Venezuela.

O escândalo tem motivado protestos em vários dos países envolvidos. Ontem, em Lima, no Perú, mais de 2000 pessoas saíram à rua exigindo a punição dos políticos que estão a ser investigados por alegadamente terem recebidos subornos de perto de 34 milhões de euros, entre os quais os antigos presidentes Alejandro Toledo, Alan Garcia e Ollanta Humala,

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

Pub
Pub