A imensa fronteira: uma crónica de José Luís Peixoto

Há três passagens possíveis: Futian, Huanggang e Luohu — correspondem a estações de metropolitano com os mesmos nomes. Em Shenzhen, como em várias cidades da China, o bilhete de metropolitano é uma pequena moeda de plástico que se compra nas máquinas. A partir do hotel em que estava hospedado, Futian era a passagem que mais me convinha, bastaram-me quatro estações para chegar lá. Nessa manhã, chovia bastante. O céu sustentava aquele cinzento absoluto, constante. Apesar do calor escaldante, as gotas grossas não paravam. Fiz um caminho breve debaixo dessa chuva, a arrastar a mala com a mão direita e a […]

Para saber mais clique aqui: www.voltaaomundo.pt

Ler mais

Exclusivos