Há um traço orgânico que liga as diversas etapas profissionais de Luís Alves entre si e uma enorme felicidade
Exclusivo

Alimentos

Luís Alves, o ourives da terra (e das ervas aromáticas)

Luís Alves é hoje um dos grandes do planeta em ervas aromáticas secas e foi lá que fomos buscar a infusão, tisana e condimento da nossa eleição, entre as 56 referências que comercializa. Erva-Príncipe, a especialidade da casa e tomilho Bela Luz.

Sempre quis ser agricultor e ainda não enjeita o título de jardineiro. Luís Alves é o cósmico e feliz proprietário do Cantinho das Aromáticas, um reduto incrustado na selva de betão de Vila Nova de Gaia no qual tudo é biológico e integrado num mesmo sistema. Hoje é um dos grandes do planeta em ervas aromáticas secas e foi lá que fomos buscar a infusão, tisana e condimento da nossa eleição, dentre as 56 referências que comercializa.

Jardim em criança Escola profissional em Santo Tirso na adolescência e finalmente Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro em Vila Real, pontos de passagem, crescimento e consolidação da semente da agricultura que sempre trouxe no coração. Há um traço orgânico que liga as diversas etapas profissionais de Luís Alves entre si e uma enorme felicidade que emana da eterna criança que mostra ser numa simples conversa sobre as suas queridas aromáticas. Os seus heróis televisivos de infância são David Attenborough e o nosso muito querido Sousa Veloso, que ainda teve oportunidade de homenagear. Completa 50 anos de vida em 2022 e continua na sua senda de realização profunda com o que faz, acumulando prémios nacionais e internacionais e mantendo uma actividade profissional numa área em que vingar é tudo menos fácil. Quando há cerca de uma década o visitei pela primeira vez, andei ao seu lado pela plantação de perpétuas e era difícil não estar sempre a sorrir. Dez anos antes desse primeiro momento, tinha ele fundado o Cantinho das Aromáticas, com secagem própria e orientação para mercados específicos, como a indústria farmacêutica. O salto que revelou o empresário foi bem alavancado nos cerca de sete anos em que oficiou como responsável dos jardins de Serralves, no Porto. Era suposto ter sido apenas por alguns meses, já que se tratava do estágio curricular final para chegar à licenciatura em engenharia agronómica na UTAD, mas o seu talento e força não passaram despercebidos e fizeram nascer o jardineiro mais graduado da história. Nunca deixou, no fundo, de ser jardineiro, diz de vez em quando. Recorremos ao engenheiro-jardineiro para obter instruções acerca de três dos seus produtos, por corresponderem cada um ao seu pilar: Infusão, tisana e condimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG