Model Y promete sucesso

O novo Tesla Model Y promete dar continuidade ao trajeto de sucesso que a marca de Elon Musk tem vindo a desenhar um pouco por todo o mundo, com dimensões mais adaptadas ao Velho Continente do que o Model X.

De forma natural, o Model Y ostenta um certo ar de família em relação aos demais modelos da Tesla, nomeadamente com o Model 3, com o qual partilha a filosofia de elétrico mais acessível. O design, que não deixa de ser um forte argumento, é semelhante, embora a traseira se diferencie de forma evidente, podendo levar 854 litros no compartimento traseiro, a que se juntam mais 117 litros num espaço dianteiro. No total, a Tesla aponta uma capacidade máxima de 2158 litros, o que não deixa de ser impressionante.

A qualidade tem vindo a crescer na construção e nos materiais, com interior evoluído e acolhedor. Desprovido da quase totalidade de botões, é o ecrã tátil central de 15 polegadas que congrega os ajustes e funcionalidades, desde o acerto da coluna da direção e dos espelhos, até às funcionalidades do sistema de condução semiautónoma ou do infoentretenimento bastante completo (streaming, navegação online pelo Google Maps ou conectividade avançada).

A bordo, viaja-se com desafogo, podendo até albergar três passageiros atrás, mesmo que a altura possa ser menos conveniente para adultos mais altos devido à curvatura do tejadilho.

É na estrada que se percebe, uma vez mais, a evolução da Tesla, com prestações praticamente ao nível das de um desportivo, sendo muito rápido a ganhar velocidade. Explica-se pela configuração de dois motores elétricos (um por eixo) para oferecer tração integral e uma potência combinada de 351 CV. A autonomia oficial é de 507 km com uma única carga, graças à bateria de 75 kWh.

Valendo-se da travagem regenerativa e da enorme eficiência dos seus motores elétricos, é possível atingir esse mesmo valor. O carregamento fica assegurado pelos postos rápidos de até 250 kW (DC) e de 11 kW (AC).

Além da sua rapidez de arranque e de prestações acima da média, vale a pena destacar outra particularidade do Model Y, que é a firmeza da suspensão quando equipado com jantes de 20 polegadas: sem ser desconfortável, deixa perceber muitas das irregularidades do piso.

Após um primeiro contacto com este SUV, percebe-se que existem muitos motivos para acreditar que o Model Y será um sucesso como os demais modelos da Tesla, com preços a partir dos 65 mil euros.

pjunceiro@globalmediagroup.pt /Motor24

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG