7 Dias 7 Propostas por Francisco Bastos

Francisco Bastos nasceu na Foz do Douro, no Porto. Formado em Gestão pela Cass Business School, em Londres, trabalhou durante vários anos em bancos de investimento no Reino Unido. Desde 2019 é administrador da marca de chocolates Arcádia. A empresa, familiar, foi criada em 1933 pelo bisavô Manuel Pereira Bastos.

1.Família
Sucession
Streaming ou Fórmula 1
Domingo, 6 de fevereiro


Domingo é inquestionavelmente um dia de ver séries. Seja na Netflix, na HBO ou na Amazon Prime, vai variando. Acabei recentemente de ver a série Succession na HBO, uma comédia dramática que retrata a história fictícia de uma família que gere a maior empresa de media e entretenimento do mundo. Entre o poder e os negócios internacionais, esta história explora mais a fundo a lealdade e as dinâmicas de sucessão de uma família à frente de uma grande empresa. Com muita comédia à mistura, esta série é sem dúvida um must-see! Eventualmente, as séries podem ser trocadas por um outro programa que nunca falho, mas que por esta altura ainda não está disponível, porque não começou a temporada de 2022: ver as corridas de Fórmula 1. A temporada de 2021 ficou para a história como provavelmente uma das melhores e mais empolgantes de sempre. A próxima, que arranca já em março, também promete! Por fim, domingo é também dia de estar com a família, e normalmente opto pelo jantar.

2. Exercício
Freeletics
Exercício Físico na APP
Seguindo de pequeno-almoço de receita caseira
Segunda, 7 de fevereiro

Segunda-feira é um dia essencial que define o tom do resto da semana, por isso é imperativo começar o dia com bons hábitos e com energia. Não dispenso o exercício físico, e é logo pela manhã antes do trabalho. Desde o início da pandemia que passei a treinar em casa, utilizo um "treinador digital" e recomendo, chama-se Freeletics. É uma aplicação para smartphone que cria planos de treino personalizados consoante os objetivos do utilizador e vai acompanhando os exercícios. Uma das funcionalidades mais interessantes é que tem uma componente social, onde podemos acompanhar os nossos amigos que também estejam a utilizar esta aplicação. Através de um feed de treinos completos e de um ranking de pontos é introduzida a dinâmica de jogo e de competição... saudável claro! Após um bom treino, nada melhor do que um pequeno almoço completo. Deixo uma receita simples e saudável de panquecas de aveia. Bastam dois ovos, uma banana e uma colher grande de aveia; triturar tudo num 1-2-3 e colocar numa frigideira com óleo de coco; deixar em lume brando 10 minutos, virar e deixar mais cinco minutos; está pronto. Pode acrescentar-se por cima maçã e canela ou apenas um pouco de mel, e está feito um excelente e saudável pequeno-almoço!

3. Sushi
Delivery
Encomendar sushi no restaurante Wish e depois ver o programa Sem Moderação, na SIC
Terça, 6 de fevereiro

Normalmente a terça-feira costuma ser o dia mais atarefado da minha semana e acabo por chegar tarde a casa, portanto é o dia certo para o jantar ser encomendado. Apesar de ir variando a ementa, deixo a minha sugestão de eleição: encomendar sushi no Wish. É um dos restaurantes no Porto de que mais gosto, fica numa zona tranquila da Foz Velha e recomendo uma visita. Entre outros pratos de excelente qualidade, destaca-se claramente o sushi. Como também está disponível através das conhecidas apps de delivery, não podia ser mais fácil encomendar para casa. Depois do jantar, Sem Moderação na SIC Notícias. É um programa de comentário político que gosto bastante de ver, nomeadamente pelos seus intervenientes: José Eduardo Martins, Pedro Delgado Alves, Francisco Mendes da Silva e Daniel Oliveira. Apesar da amizade entre todos, o espectro político é alargado e criam-se excelentes debates com pontos de vista contrastantes. É importante estar informado sobre as temáticas da atualidade e do país, e além dos jornais e telejornais, os programas de comentário político são uma excelente plataforma porque dão mais profundidade e analisam os temas de diferentes ângulos. Este é, sem dúvida, o meu preferido.

4. Padel
Top-Padel
Almoçar na Arcádia e aula de Padel ao final da tarde
Quarta, 9 de fevereiro


Quarta-feira é dia de almoçar na Arcádia, e não faltam opções: não só na ementa como nas localizações. Nestes dias de sol opto por aproveitar a esplanada da Arcádia da Praça Velásquez ou da Foz. Outras vezes vou à Arcádia da Avenida da Boavista ou do Norteshopping, no novo corredor Galleria. A ementa tem excelentes opções para um almoço rápido, em conta e com qualidade. Desde sopa ao prato do dia, saladas, tostas e hambúrgueres, scones salgados ou timbales, e até uma carta vegetariana. A minha sugestão principal vai para o hambúrguer Black Angus em bolo do caco, ou em dias que opte por comer mais saudável, a salada Caesar vegetariana. E, claro, no fim não podia faltar um café acompanhado por um delicioso bombom da Arcádia ou um brigadeiro. Aconselho também os diferentes bolos à fatia, sendo o Quindão destacadamente o meu favorito: é de comer e chorar por mais! Quarta-feira é também conhecido como o dia do desporto no Reino Unido. Quando estava a estudar em Londres, todas as faculdades deixavam as tardes de quarta-feira livres para os alunos praticarem desporto. Assim sendo, fica a deixa e aconselho uma aula de padel no Top-Padel, o meu clube de eleição no Porto. Existem três localizações disponíveis: no Fluvial, na Zona Industrial do Porto e na Quinta do Fojo em Gaia.

5.Correr
Ao longo do rio Douro
Após a corrida, almoço no restaurante Quinta do Fojo
Quinta, 10 de fevereiro


O que melhor representa um cartão-de-visita do Porto senão o rio Douro? E porque não combinar também com o mar? Mesmo quando está frio e não são propícios os mergulhos, uma boa corrida com vistas para o Douro e à beira-mar é um excelente plano para começar o dia. Seja do lado do Porto, na Foz, ou na marginal de Gaia, existem ótimos percursos pedonais que proporcionam o melhor cenário para uma corrida. Desde o Fluvial, junto ao Douro, até ao Castelo do Queijo - no Porto - ou da Afurada até Canidelo, junto às praias - em Gaia - é só escolher a distância ideal para uma corrida. Aproveitando estar em Gaia, não dispenso almoçar no restaurante da Quinta do Fojo. A Quinta do Fojo é uma extensa propriedade que integra excecionais jardins, e onde se insere um campo de golfe, seis campos de padel e um restaurante. Eu costumo dizer que é um oásis a cinco minutos do Porto, o local perfeito para fugir ao stress da cidade. O restaurante, com vistas para o campo de golfe, tem uma esplanada coberta onde se pode desfrutar tranquilamente de uma boa refeição. Durante a semana, servem um menu executivo com excelentes opções para se almoçar bem e depressa. Para mim, é o local ideal para uma pausa de almoço que se queira mais tranquila, recuperando energias para uma tarde de trabalho produtiva.

6. Exposição
Joan Miró em Serralves e depois jantar com amigos
Sexta, 11 de fevereiro


Um fim de tarde de sexta-feira pode ser muito bem passado em Serralves. Dependendo do tempo disponível, aconselho uma visita aos jardins que são fantásticos. Para se poder passear e apreciar tudo com calma, pelo menos duas horas são necessárias. Por esta altura, é imperdível ver a exposição de Joan Miró que está até ao início de março na Casa de Serralves. São 85 obras que englobam pinturas, esculturas, colagens, desenhos e tapeçarias do famoso mestre catalão. Sexta à noite é para estar com os amigos. Idealmente jantar num restaurante para desfrutar de uma boa refeição, e claro de um bom vinho. Os meus dois restaurantes favoritos no Porto são o Restaurante Casa da Foz e o Restaurante Broa, ambos na Foz. No Casa da Foz sou sempre muito bem recebido pelo Sr. António, no meio de todo o frenesim de organização das mesas para receber os clientes. As pizas são muito boas, mas o prato de eleição é o bife Wellington. No Restaurante Broa, o Sr. Manuel é uma simpatia, sempre pronto para dar excelentes sugestões. O espaço é muito acolhedor, quase que parece que se está a jantar em casa de alguém e não num restaurante. A minha sugestão aqui vai para o bife à portuguesa, acompanhado por um excelente vinho tinto - o Dona Matilde - que me foi recomendado, e muito bem, pelo Sr. Manuel.

7. Passeio
Baixa do Porto
Bar ou discoteca à noite.
Sábado, 12 de fevereiro


A Baixa do Porto é um dos maiores ativos da cidade e merece ser aproveitada por todos: portuenses e visitantes. Num dia de sol, um passeio pela Baixa é muito agradável e não faltam percursos diferentes para fazer: desde a Ribeira aos Aliados ou da Praça dos Poveiros à Batalha, subir a Rua de Santa Catarina, e uma visita aos Jardins do Palácio de Cristal. Há dois sítios onde costumo parar, e que para mim têm as melhores vistas da cidade: o Miradouro da Vitória e o Parque das Virtudes. À noite continua a aproveitar-se a Baixa, normalmente pela zona dos Clérigos, nas Galerias de Paris. São duas ruas paralelas, que à noite são pedonais, e onde existe uma oferta muito alargada de diferentes bares - é o centro da movida do Porto. Nas Galerias de Paris recomendo o Alma, um bar pequeno e acolhedor, mas sempre com boa música. Mais tarde, havendo energia, não dispenso ir a uma discoteca. Como sou um grande fã de música eletrónica, escolho maioritariamente o Pérola Negra, na Baixa, ou o Indústria, na Foz.

filipe.gil@dn.pt

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG