Premium Uma bandeira na Lua com mão portuguesa, a de Maria Isilda Ribeiro

Natural de Sosa, Maria Isilda costurava bandeiras para a empresa que ficou conhecida como a fabricante da que os astronautas da Apollo 11 deixaram na Lua.

Houve uma mão portuguesa na primeira bandeira norte-americana colocada na Lua, há quase 50 anos: Maria Isilda Ribeiro foi notícia há meio século por ter ajudado a coser a bandeira que Neil Armostrong deixou no solo lunar, perante o olhar atento de milhões de espetadores, que assistiam ao feito através da televisão por todo o mundo. Tinha 23 anos e estava nos Estados Unidos há três.

Natural do concellho de Vagos, Maria Isilda trabalhava na Annin & Company, uma empresa de costura de bandeiras norte-americanas, em Roseland, Nova Jérsia. Tinha chegado em 1966 - altura em que deixou a vila onde nasceu, Sosa - quando lhe coube a tarefa de rematar, coser a bainha e a dobra para a haste de uma bandeira que chegaria à Lua. Nessa altura, a costureira não lhe conhecia ainda o destino. A estranheza poderia estar apenas no tecido, diferente. Tinha 90 centímetros por metro e meio.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.