Todos contra Casillas. Guarda-redes não acredita que o homem esteve na Lua

O ministro espanhol da Ciência não deixou o guarda-redes do FC Porto sem resposta. A National Geographic também reagiu e o assunto até chegou a uma engenheira aeroespacial da NASA que usou a ironia para se referir a uma "hipnose coletiva".

"Os factos não mudam, opinem as pessoas o que opinarem." Foi assim que Pedro Duque, o ministro espanhol da Ciência, Inovação e Universidades, reagiu a Iker Casillas, que, nas redes sociais, afirmou não acreditar que o homem tenha estado na Lua.

"No próximo ano cumprem-se 50 anos (supostamente) que o homem pisou a Lua. Estou num jantar com amigos a falar sobre isso. Eu levo o debate ao resto do público. Vocês acreditam? Eu não", escreveu o guarda-redes do FC Porto no Twitter. Foi o suficiente para lançar a discussão à qual o ministro espanhol não ficou de fora.

O governante, que é também astronauta - esteve por duas vezes no espaço -, discordou do guardião da baliza dos dragões de forma contundente. "Os aparelhos que levaram, as impressões digitais, os refletores a laser continuam a estar lá. A fotografia que despertou o sentimento de conservação da Terra continua a existir", concluiu o ministro no seu tweet.

"Hipnose coletiva"?

E não foi o único. O debate e a opinião de Casillas chegaram mesmo à NASA. A mexicana Dorothy Ruiz, engenheira aeroespacial no Centro Espacial Lyndon B. Johnson, em Houston, e especialista em operações espaciais para a Estação Espacial Internacional, não poupou na ironia para responder ao jogador espanhol.

"Assim, as centenas de engenheiros e cientistas que trabalharam e trabalham na NASA sofrem de hipnose coletiva. Além disso, somos loucos para gastar milhares de horas na base de controlo de missões espaciais que se empenham em realizar missões imaginárias", escreveu no Twitter.

Às respostas contundentes do ministro espanhol e da engenheira aeroespacial soma-se a da edição espanhola da revista National Geographic, que partilhou com Casillas vídeos e fotos da missão Apollo 11. "Iker, sim, chegou-se à Lua", assegurou a publicação ao jogador do FC Porto.

Sem papas na língua, o mexicano Gael García Bernal não escondeu a surpresa ao saber da opinião de Casillas. "Pensar que não se chegou à Lua é o mesmo que pensar que a Terra é plana. Pior ainda é dizer isso em voz alta, depois de muita gente morrer por dizer a verdade", criticou o ator.

Além de ter lançado a discussão nas redes sociais, o jogador promoveu um inquérito que teve como resultado final 310 277 votos. Dos que participaram, 58% acreditam no sucesso da missão da NASA de 1969, enquanto 42% partilham da opinião do guarda-redes.

Exclusivos