Vai conduzir? Use o "modo carro" do seu smartphone

Fabricantes desenvolvem soluções que bloqueiam chamadas, mensagens e outras notificações. Em caso de emergência, há formas de contornar as restrições impostas pelas ferramentas.

Quantas vezes atendeu chamadas ou respondeu a mensagens enquanto conduzia? Além da possibilidade de ser multado, a prática coloca em risco a sua segurança, mas existem soluções. Com vista a reduzir ao máximo as distrações ao volante, os fabricantes de smartphones começam a apresentar ferramentas - uma espécie de "modo carro" - para gerir a quantidade de vezes que o telefone toca enquanto conduz.

Segundo o jornal espanhol ABC, muitos fabricantes de smartphones estão a incorporar um sistema nos equipamentos mais modernos, que silencia e gere as notificações e as chamadas recebidas. Contudo, estes sistemas ainda não são fáceis de ativar.

Nos dispositivos Android (Samsung e LG), é necessário descarregar uma aplicação - o Car Mode -, que está disponível na Galaxy App e não no Google Play. A partir daí, explica o ABC, terá de criar uma conta de utilizador e, para ativar a app, configurar a voz e autorizar a conexão via Bluetooth com o automóvel. Com esta ferramenta, todas as aplicações são bloqueadas, à exceção das apps de música ou de navegação.

Um sistema semelhante está disponível no iOS 11 da Apple. Para ativar este modo, deve aceder à opção "Não incomodar" em "Definições" e selecionar "Não incomodar durante a condução". Posteriormente, deve escolher entre a opção "Manualmente", "Automaticamente" (com base no movimento do veículo) ou "Se ligado ao Bluetooth do Carro".

Para configurar, toque em "Resposta automática a" e escolha quem recebe uma resposta: Ninguém, Recentes, Favoritos ou Todos os Contactos. De seguida, selecione "Resposta" para personalizar a mensagem que será enviada: "Estou a conduzir, por isso tenho o modo não incomodar durante a condução ativo. Lerei a sua mensagem quando chegar ao meu destino", é a sugestão da Apple. Se alguém precisar de entrar em contacto consigo, pode contornar o modo "Não incomodar" ao enviar uma mensagem com a palavra "urgente". Nesse caso, pode parar o carro para ler a mensagem ou pedir à Siri que o faça.

Quando se encontra neste modo, o iPhone apresenta algumas notificações, nomeadamente alertas de emergência, temporizadores e alarmes. E pode configurar as opções: só ser alertado se a pessoa ligar duas vezes seguidas, por exemplo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".