Investigadores chilenos inventam novo método de 'ver' galáxias

Uma equipa de investigadores chilenos criou uma forma de ver conjuntos de galáxias que até agora passaram despercebidos

Um algoritmo de computador desenvolvido por uma equipa de astrónomos e engenheiros informáticos chilenos permitiu descobrir "enxames" de galáxias menos brilhantes e mais afastadas entre si.

Os enxames de galáxias são aglomerações de matéria escura, diferente da matéria constituída por átomos, e a sua presença só se consegue detetar pelo efeito gravitacional que provoca.

"Descobrimos enxames com galáxias menos brilhantes, mais distantes entre si, cujo aspeto é semelhante às regiões habituais do céu e que por isso passaram despercebidas durante tanto tempo", afirmou à agência Efe o astrofísico Luis Campusano, líder da equipa e investigador no Centro de Excelência em Astrofísica e Tecnologias Afins (CATA).

O estudo foi publicado na sexta-feira na revista científica The Astrophysical Journal e através da investigação descobriram-se enxames numa base de dados com 200.000 galáxias, usando apenas um método geométrico.

Ler mais

Exclusivos