Em Jacarta é possível viver numa "aldeia" no topo de um prédio

No centro da capital da Indonésia há um empreendimento residencial situado no 10º andar, por cima de um centro comercial. Com jardins, piscina e campo de ténis.

Tem uma piscina e uma pista de jogging e um campo de ténis, além das quase 80 casas familiares, com dois andares e espaços verdes, e ruas tranquilas e seguras onde as crianças podem brincar à vontade. O Cosmo Park, um condomínio construído no topo de um grande edifício, em Jacarta, capital da Indonésia, é "um oásis adorável" - é assim que o descreve Fazila Kapasi, uma das residentes.

Construído há dez anos, o empreendimento tornou-se famoso esta semana depois de, em junho, uma foto tirada por um drone ter sido publicada no Twitter mostrando ao mundo aquilo que quem anda nas ruas da cidade não poderia sequer imaginar: A publicação já foi partilhada quase 27 mil vezes.

O jornal britânico The Guardian foi ver de perto como é o Cosmo ParK, complexo residencial localizado no 10º andar do centro comercial Thamrin City Hall. Numa cidade com 10 milhões de pessoas, super-povoada, um trânsito infernal, enorme poluição e elevado risco de inundações, viver no topo de um edifício parece ser a solução ideal, escreve o jornal.

Entre as vantagens de viver naquele condomínio fechado, Fazila Kapasi explica que ficou surpreendida pelo facto de ser muito menos isolado do que viver num apartamento, porque as pessoas andam na rua e desfrutam dos espaços comuns. Ao fim da tarde, ela leva o filho a andar de bicicleta e conversa com os vizinhos, e além disso tem o seu próprio jardim e até uma pequena horta.

Este é um de dois empreendimentos deste género em Jacarta. O outro fica na zona norte da cidade, por cima do centro comercial Mall of Indonesia.

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20, em Sevilha, que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre os restaurantes que podem ganhar estrelas Michelin em 2020 em Portugal.