Cápsula de Elon Musk volta à Terra sã e salva. E pode ser regresso da NASA ao espaço

Após quase uma semana na Estação Espacial Internacional, a cápsula Dragon da Space X de Elon Musk cumpriu com sucesso o regresso à Terra, tendo amarado no Atlântico

Os quatro paraquedas garantiram à cápsula Dragon da SpaceX uma amaragem suave no oceano Atlântico. A cápsula não tripulada da empresa de Elon Musk passou quase uma semana na Estação Espacial Internacional, tendo reentrado na atmosfera protegida por painéis contra as altas temperaturas.

A amaragem deu-se a 450 quilómetros de Cabo Canaveral na Florida. A cápsula foi recuperada pelo navio GO Searcher, que aguardava a sua chegada.

"Nem acredito como a missão correu tão bem", afirmou Benjamin Reed, diretor da SpaceX e supervisor deste projeto". O regresso da cápsula Dragon foi saudado com aplausos no centro de comandos da missão. Sem humanos a bordo, a cápsula transportava um boneco coberto com sensores que deve agora ser analisado.

Agora, a NASA deverá decidir se aprova a cápsula Dragon para ser usada em missões tripuladas. A primeira pode acontecer já em julho, mas poderá ter de ser adiada para permitir aos engenheiros realizarem mais testes.

Elon Musk, o milionário sul-africano famoso por ser o dono da Tesla e pela sua obsessão em levar o Homem a Marte, tinha-se mostrado preocupado com a reentrada da Dragon na atmosfera, uma vez que o revestimento da cápsula é um pouco irregular, podendo causar aquecimento a velocidades hipersónicas.

Desde o fim do programa de vaivéns que os EUA não conseguem colocar os seus próprios astronautas no espaço, estando dependentes da Rússia e dos seus foguetões Soyuz, lançados a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão.

A NASA espera agora pôr fim a este interregno de oito anos graças a dois novos sistemas de transporte comerciais. Além da SpaceX, a agência espacial americana está a trabalhar com a Boeing na produção de uma cápsula chamada Starlinger. Esta deverá realizar o seu primeiro voo não tripulado em abril.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG