Sócrates "divertidíssimo" com polémica com pivô

José Rodrigues dos Santos diz que apenas cumpriu o seu papel de jornalista e que o ex-primeiro-ministro não foi surpreendido pelo seu estilo.

José Sócrates e José Rodrigues dos Santos vão voltar a encontrar-se no Telejornal, da RTP1, a 6 de abril, no dia em que o espaço de comentário assinala um ano de emissões.

Apesar da polémica da última emissão, com a mudança de pivô e do estilo de confrontação a Sócrates, o modelo veio para ficar. Essa é, pelo menos, a promessa feita ao DN pelo diretor de Informação da estação pública, José Manuel Portugal. "Vai continuar a ser comentário - uns serão mais interventivos e outros menos, sendo que nem um está mais correto e o outro menos - e não de entrevista", afirma o responsável pela pasta da Informação da estação, que desvaloriza críticas e esclarece que o registo de Rodrigues dos Santos não apanhou de surpresa o comentador socialista.

No domingo, porém, durante a emissão do comentário dominical de José Sócrates, o ex-primeiro-ministro não escondeu o seu incómodo, assumindo em direto: "Não vinha preparado para isto." No final, despediu-se do pivô dizendo que dentro de 15 dias [para a semana será João Adelino Faria a moderar] virá "preparado com" os seus "arquivos".

Instado pelo DN a comentar a polémica, o antigo líder socialista foi lacónico: "O único comentário que faço é ques estou divertidíssimo com o programa", afirmou, sem adiantar as razões, vincando que não estava irritado mas admitiu que não estava preparado apenas para "a questão concreta sobre a declaração da troika".

José Rodrigues dos Santos declarou, no facebook, que se limitou a ser jornalista, lembrando que aprendeu a sua profissão na BBC. Instado a comentar a polémica, o antigo líder socialista foi lacónico: "O único comentário que faço é que estou divertidíssimo com o programa", afirmou, sem adiantar as razões.

Leia mais pormenores no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG