SJ apresenta acção para proteger salários na RTP e Lusa

O Sindicato dos Jornalistas contesta as reduções salariais impostas pela Lei do Orçamento do Estado e pela Resolução do Conselho de Ministros publicada no dia 4 de Janeiro.

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) cumpriu o que havia anunciado no passado dia 7 de Janeiro e apresentou hoje de manhã, no Tribunal de Trabalho de Lisboa, uma acção colectiva em defesa dos salários da RTP e da Lusa.

Em causa está o corte salarial aos jornalistas da RTP e da Lusa ditado pela Lei do Orçamento de Estado e pela Resolução do Conselho de Ministros, publicada a 4 de Janeiro. No entanto, esta acção contempla apenas os associados do SJ ao serviço das duas empresas.

A iniciativa tem como objectivo salvaguardar os jornalistas, uma vez que o SJ entende que "estão a ser atingidos, com carácter de generalidade, direitos dos seus associados ao serviço daquelas empresas".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG