Sindicato dos Jornalistas contra a privatização da RTP

A entidade reagiu às alegadas intenções do PSD através de um comunicado, onde afirma não pactuar com o "discurso fácil, economicista e neoliberal"

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) discorda das intenções do Partido Social Democrata (PSD) em privatizar os serviços públicos de rádio e de televisão. A entidade divulgou um comunicado onde afirma "repudiar" a posição que está a ser equacionada pelo partido liderado por Passos Coelho.

No documento emitido hoje, o SJ sublinha que "não pactua com o discurso fácil, economicista e neoliberal, que ganha terreno mais rapidamente em épocas de crise como esta".Para justificar esta posição, a entidade refere ainda que "os serviços públicos de rádio e televisão constituem garantias constitucionais de todos os portugueses, independentemente da sua condição económica e social".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG