Nuno Santos quer "refundar a RTPN"

O director de informação da RTP, Nuno Santos, afirmou hoje que "há necessidade de refundar a RTPN", sublinhando que na oferta da empresa "faz todo o sentido" a existência de um canal de notícias que funcione 24 horas por dia.

"Vamos começar a trabalhar a partir de hoje sobre o futuro da RTPN", disse o novo director da estação pública durante a apresentação da operação especial de informação 'Portugal e o Futuro', dedicada a fazer uma análise social, económica e política de Portugal e que será posta em marcha a partir de segunda-feira.

A integração da RTPN na direcção de informação da RTP foi oficializada com uma nota interna distribuída aos trabalhadores da empresa na quarta-feira.

No texto, a que a agência Lusa teve acesso, é referido que a RTPN passará a estar sob a alçada directa da direcção de informação televisão da RTP, liderada por Nuno Santos, perdendo assim a sua direcção, que era constituída por José Alberto Lemos e os adjuntos Carlos Daniel e Dinis Sottomayor.

Nuno Santos realçou que o peso da informação produzida em Lisboa e no Porto "não será muito diferente" no futuro do que é hoje em dia, sublinhando que nos próximos dias terá reuniões com diversos responsáveis da estação sobre o futuro da RTPN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG