Vencedor de 'MasterChef Portugal' vai estudar em Madrid

Novo formato da estação de Queluz de Baixo estreia-se este sábado à noite. Primeiro classificado vai estudar no Le Cordon Bleu, um conceituado restaurante espanhol.

Foi em ambiente de boa disposição que a TVI apresentou o seu novo concurso de sábado à noite, que se estreia já no próximo dia 8 de março. A apresentação do formato, que colocou os jornalistas à prova, contou com a presença dos três jurados, os chefes Miguel Rocha Vieira e Rui Paula e o apresentador Manuel Luís Goucha.

Ao longo de 13 semanas, os espectadores da generalista de Queluz de Baixo vão poder acompanhar a evolução de 15 aspirantes a chefes de cozinha, que durante as gravações do programa estão afastados de casa. No final, só um deles será o vencedor. E o prémio já está definido. "O grande vencedor vai ter um troféu, a possibilidade de editar um livro próprio de receitas e sobretudo vai ter uma bolsa de estudos de 36 mil euros naquela que é, sem dúvida, a mais importante escola de alta cozinha do mundo, Le Cordon Bleu, em Madrid", explica Manuel Luís Goucha, jurado e apresentador do formato.

Mas não é só o primeiro classificado a receber um prémio. Também a medalha de prata vai ter direito a uma recompensa. "O segundo classificado vai também poder entrar nesta fantástica cozinha, se bem que tenha um prémio inferior. Enquanto o primeiro vai ganhar o diploma da escola, o segundo classificado vai ganhar um certificado", acrescenta Goucha.

MasterChef Portugal é o primeiro formato produzido pela Shine Iberia para a TVI.

Leia mais na edição impressa ou no epaper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG