Susan Sarandon será a mãe perturbada de Marilyn

Atriz integra o elenco da série que quer contar a vida tumultuosa da loira mais explosiva da história do cinema.

Susan Sarandon vai entrar-nos pela casa dentro na pele de uma mulher desequilibrada, com problemas mentais profundos e diagnosticada com uma esquizofrenia paranoica. É com este perfil, e com o nome de Gladys Mortenson, que a atriz vai trabalhar no seu próximo papel em televisão.

Um desafio difícil, mas por isso mesmo à medida de Sarandon. A atriz aceitou o desafio de encarnar a mãe de Marilyn Monroe, a sex symbol por excelência da cultura ocidental, e que irá estrear-se em 2015, pela mão do canal Lifetime.

A história será contada no registo de minissérie, de quatro episódios, numa adaptação do livro A Vida Secreta de Marilyn Monroe, escrito por J. Randy Taraborrelli. A obra é considerada como a biografia mais fiel da vida da atriz onde é explorada a ascensão da jovem Norma Jeane Mortenson, como se transforma em Marilyn Monroe e o seu declínio emocional, que acabaria com a sua morte trágica aos 36 anos (1962).

Leia mais no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG