Série volta a causar polémica por causa de nudez

Uma igreja na Croácia vetou a gravação de uma cena na qual a rainha Cersei Lannister deveria sair completamente nua dessa mesma igreja. Produtores já encontraram um local alternativo

Embora tenham encontrado uma solução, que ainda não foi revelada, a imprensa croata noticia que o veto causou problemas para os responsáveis da aclamada série, uma vez que o passeio de penitência da rainha Cersei Lannister (Lena Headey) tem uma grande importância para a quinta temporada da trama.

Zeljko Raguz, vice-presidente da Câmara Municipal de Dubrovnik, onde se situa a fictícia King"s Landing, capital dos Sete Reinos, mostrou-se disposto a ajudar os responsáveis de A Guerra dos Tronos na realização desta cena.

Opinião diferente foi a manifestada pelo bispado, que não autorizou que a cena de nudez fosse gravada na igreja San Nicola. Através de um comunicado, a instituição argumentou que uma cena similar "provavelmente também não poderia ser filmada nas catedrais de Londres ou Washington, ou na residência da Rainha e na Casa Branca".

A Guerra dos Tronos, de resto, tem sido criticada, em todas as temporadas já exibidas, pelo uso excessivo de cenas de nudez, sexo e violência.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG