Qatar lança novo canal para medir forças com Al Jazeera

Al Araby Television Network é o novo projeto televisivo do Qatar, incentivado pelos seus países vizinhos, que serve de contrapeso político ao canal Al Jazeera, criticado por demonstrar demasiado apoio aos radicais islâmicos.

O novo rival da emissora televisiva Al Jazeera, do Qatar, dá pelo nome de Al Araby. Segundo o jornal The National, o canal surgiu pela necessidade de acalmar os ânimos de países como os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita ou o Bahrain, que criticam o alargado tempo de antena oferecido pela Al Jazeera aos árabes radicais, encarados por eles como terroristas.

"É uma tentativa de criar uma televisão com uma posição mais comedida em certos assuntos politicos, em particular no que toca à Irmandade Muçulmana e à sua situação na Síria e no Egipto", explicou ao jornal espanhol El Mundo Michael Stephens, politólogo e subdiretor do Royal United Services Institute, organização inglesa de segurança e defesa. "Trata-se de criar uma nova marca para corrigir a imagem do Qatar e servir uma nova política internacional", acrescentou ainda o especialista.

A nova estação, cuja data de lançamento ainda não foi anunciada, vai ter sede em Londres e 11 sucursais espalhadas pelo mundo. O seu objetivo inicial é chegar a pelo menos 400 milhões de espectadores.

Até ao momento, o Al Jazeera, fundado em 1996, assumia-se como o canal de referência do Qatar, título que veio a consolidar na última década. A cobertura que fez da guerra no Afeganistão, em 2001, da invasão norte-americana ao Iraque, em 2003, e a que tem feito da Primavera Árabe, desde 2011, valeram-lhe ainda filiais em Washington D.C., nos Estados Unidos, Londres, no Reino Unido, e Kuala Lumpur, na Malásia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG