Nova direção de Informação da RTP já foi ouvida

O presidente do organismo regulador recebeu esta manhã o novo diretor de Informação indigitado, Paulo Ferreira, e o adjunto Miguel Barroso. Não há garantias que o parecer da ERC seja conhecido até hoje ao final do dia.

Paulo Ferreira, editor de Economia da RTP e diretor de Informação indigitado, foi o primeiro a ser ouvido esta terça, 4 de dezembro, na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). Depois de um encontro com o Conselho Regulador, presidido por Carlos Magno, que durou cerca de uma hora, o jornalista não quis prestar declarações, alegando que só falará depois do parecer do organismo regulador, dando prioridade à redação.

Atitude semelhante teve Miguel Barroso, apontado como adjunto à direção de Informação, que foi recebido já depois do meio-dia. O presidente da ERC não quis, contudo, adiantar um prazo para a emissão de um parecer que se espera ser conhecido até amanhã.

Vítor Gonçalves também compareceu na ERC para prestar declarações no âmbito da exoneração do cargo. Uma vez que não se demitiu do cargo de diretor-adjunto de Informação, deverá ser, cumprindo os formalismos necessários, ser ouvido pelo conselho presidido por Magno. Quanto ao caso das imagens em bruto da manifestação visionadas por elementos da PSP na RTP, Vítor Gonçalves não quis prestar declarações, nomeadamente com os inquéritos em curso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG