Malato, Tânia e Mário Augusto em dia especial na RTP

Tânia Ribas de Oliveira e Mário Augusto vão apresentar os Casamentos de Santo António, que o canal emite na quinta-feira. No mesmo dia, José Carlos Malato conduz as Marchas de Lisboa

A próxima quinta-feira vai ser um dia especial na RTP1. Além da transmissão em direto da cerimónia de abertura do Mundial de futebol no Brasil, às 19.15, e do jogo que coloca frente a frente a seleção do país organizador e a da Croácia, a partir das 20.50, a restante grelha do canal está entregue às festas de Lisboa.

Assim, entre as 10.00 e as 13.00 e entre as 14.10 e as 19.10, a RTP transmite os Casamentos de Santo António. A apresentar a cerimónia civil e religiosa, o baile, o copo de água e todos os pormenores deste momento vão estar Tânia Ribas de Oliveira e Mário Augusto, numa emissão que contará com reportagens de Serenella Andrade, Isabel Angelino e Joana Teles.

À noite, a Avenida da Liberdade enche-se para ver desfilar os seus bairros. É chegada a noite de Santo António e a RTP leva até ao pequeno ecrã, a partir das 23.00, o desfile das Marchas Populares, numa emissão conduzida por José Carlos Malato. Este ano, o tema é a celebração dos 400 anos da obra literária Peregrinação, de Fernão Mendes Pinto.

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.