Mais de milhão e meio viu entrevista de Judite a Ronaldo

A entrevista que marcou o regresso de Judite Sousa ao trabalho, dois meses após ter perdido o filho, foi vista por mais 253 mil pessoas do que a média do próprio 'Jornal das 8'

A primeira parte da entrevista a Cristiano Ronaldo transmitida na TVI e que marcou o regresso de Judite Sousa, diretora adjunta de Informação do canal ao trabalho, dois meses depois de ter perdido o seu único filho, André Bessa, foi vista por mais de um milhão e 600 mil pessoas.

Esta foi a média obtida entre as 21.01 e 21.26 e significou que a entrevista, que foi emitida no dia em que o jogador do Real Madrid venceu o troféu da UEFA do melhor jogadorer da europa 2013/14, registou mais 253 mil espectadores acima da média do Jornal das 8, que obteve 1 364 mil pessoas.

O bloco noticioso de Queluz de Baixo foi o segundo programa mais visto do dia - atrás da novela O Beijo do Escorpião -, mas liderou inequivocamente no horário. O Jornal da Noite da SIC conseguiu uma média de 951 mil espectadores sintonizados e o Telejornal, da RTP1, que contou com uma entrevista a António Costa, candidato socialista às primárias do partido, registou 729 mil espectadores.

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

Navegantes da fé

Este livro de D. Ximenes Belo intitulado Missionários Transmontanos em Timor-Leste aparece numa época que me tem parecido de outono ocidental, com decadência das estruturas legais organizadas para tornar efetiva a governança do globalismo em face da ocidentalização do globo que os portugueses iniciaram, abrindo a época que os historiadores chamaram de Descobertas e em que os chamados navegantes da fé legaram o imperativo do "mundo único", isto é, sem guerras, e da "terra casa comum dos homens", hoje com expressão na ONU.