Jay Leno reduz ordenado para salvar equipa

A NBC despediu 20 funcionários do "The Tonight Show", mas o apresentador conseguiu evitar a redução de mais postos de trabalho, abdicando de 4 milhões de euros do seu salário.

Jay Leno abdicou de 20% do seu ordenado para salvar postos de trabalho dentro da sua equipa do "The Tonight Show", na NBC. O apresentador de "late night" fica, agora, a ganhar 16 milhões de euros por ano, face aos 20 milhões que auferia até aqui.

Apesar de ser o "talk show" mais visto naquele horário nos EUA, o programa de Jay Leno (exibido por cá na SIC Radical) tornou-se num impasse financeiro para a NBC, não gerando nem prejuízo nem lucro.

Leno evitou que outras pessoas fossem para a rua, mas 20 funcionários da sua equipa foram despedidos. Já em fevereiro, a estação tinha dispensado outros 20.

Sobre o caso, Herman José diz baixar 20% do ordenado, em tempos de crise, "não é extraordinário". E adianta: "Tenho muito respeito por quem trabalha comigo. Ao longo dos anos, nas situações de crise que vivi, preferi perder muito dinheiro a assistir à desgraça alheia".

Exclusivos