Homem-Aranha e Thundercats são os novos heróis do canal

A partir do dia 1 de dezembro, juntam-se à lista de super-heróis do Panda Biggs, os desenhos animados de sucesso televisivo e de banda desenhada: Homem-Aranha e Thundercats.

No dia 1 de dezembro, às 10.00, chegam as aventuras do Homem-Aranha, numa série repleta de ação, aventura e ficção científica, que começa depois de Peter Parker ter sido mordido por uma aranha radioativa que lhe conferiu super poderes.

Thundercats, a série de animação da Warner Bros. que marcou as décadas de 1980 e 1990, chega também no dia 1 de dezembro, às 12.00, num formato mais moderno e criativo. A série conta a história original da ascensão ao trono do Pince Lion-O. Enquanto as forças do bem e do mal se confrontam na procura das lendárias Pedras do Poder, Lion-O e os seus campeões aprendem, em cada episódio, valiosas lições de lealdade e honra.

Ambas as séries vão ser exibidas aos sábados e aos domingos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O populismo identitário

O tema da coincidência entre Nação-Estado foi intencionalmente considerado um princípio da organização mundial quando o presidente Wilson conseguiu a sua inclusão no estatuto da Sociedade das Nações (SdN), no fim da guerra de 1914-1918, organismo em que depois os EUA decidiram não entrar. Acontece que nação é um termo que, exprimindo de regra, em primeiro lugar, uma definição cultural (costumes, tradições, valores), tem vocação para possuir um território e uma soberania, mas o princípio da SdN não impediu a existência, hoje extinta, da unidade checoslovaca, nem que, atualmente, o Brexit advirta que um eventual problema futuro para o Reino Unido está no facto de não ser um Estado-Nação, e identidades políticas, provavelmente duas ou mais nações, suas componentes, são europeístas.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.