'How I Met Your Mother' acusada de racismo

O último episódio que foi exibido, da conhecida série de comédia, motivou uma onda de contestação nas redes sociais. Os telespectadores ficaram ofendidos pela forma como os asiáticos foram caracterizados, levando a um pedido de desculpas feito pelo autor.

Tudo começou quando Marshall Erisen, personagem de Jason Segal, tentava aprender uns movimentos de kung fu, num bar. Para isso, os atores da série assumiram-se como professores e vestiram roupas do estilo asiático .Os fãs referiram que o episódio retratou os personagens com a "yellowface", isto é, a técnica de utilizar maquilhagem para deixar atores brancos mais parecidos com o povo do leste asiático.

Depois do episódio ter sido exibido, os telespectadores correram para o Twitter comentar o sucedido, utilizando a hashtag #HowIMetYourRacism. Carter Bays, o criador da série, também utilizou a mesma rede social para fazer um pedido de desculpas, "Com o episódio de segunda-feira, fizemos uma homenagem imatura e imbecil para os filmes de Kung Fu, um género que sempre adorei. Estamos profundamente arrependidos", afirmou Bays.

O produtor executivo Craig Thomas também já emitiu um pedido de desculpas. Recorde-se que a série está na nona e última temporada e tem o último episódio marcado para o dia 31 de março, nos EUA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG