'Heroes' regressa em forma de minissérie

Cinco anos depois de ter sido cancelado, o formato de ficção norte-americano vai regressar à televisão no próximo ano, com novos rostos.

Depois da Fox ter anunciado o regresso do aclamado formato 24 Horas em forma de minissérie, a cadeia norte-americana NBC decidiu seguir-lhe as pisadas com Heroes. Exibida em Portugal na TVI e na Fox, a série vai assim voltar à TV, em 2015, mas num formato diferente.

Protagonizada por Milo Ventimiglia, Zachary Quinto, Greg Grunberg e Hayden Penettiere, a série mostrava as aventuras de um grupo de (aparentemente) comuns cidadãos, que tinham super-poderes.

Apesar da minissérie Heroes: Reborn receber novos rostos, neste seu novo formato, poderá ainda contar com a participação de alguns atores que marcaram o original. "Não afastamos completamente a hipótese de alguns dos membros do elenco original aparecerem nesta minissérie", afirmou a responsável pelo entretenimento da estação, Jennifer Salke.

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.