"Dificilmente ultrapassaremos os 3% de 'share' em 2014"

O diretor de programas da RTP2, Elísio Oliveira, admite ser difícil cumprir o objetivo de ter 4% de quota de mercado no final deste ano, mas espera que a reformulação gráfica, para setembro, e as novas apostas façam subir o canal

"Em setembro contamos apresentar um novo grafismo. Queremos uma imagem mais baseada na sociedade civil, haverá cores mais fortes e apelativas e contará com pessoas a participar nas promoções, queremos uma imagem mais moderna" da RTP2, afirma Elísio Oliveira.

O diretor de programas do segundo canal da estação pública revelou à Notícias TV (revista do DN e JN) que conta com aquelas alterações, a par de uma evolução gradual na grelha entre setembro e janeiro, para obter uma quota de mercado mais elevada para o canal. "Realista", Elísio Oliveira avança que a RTP2 deverá fechar o ano abaixo do objetivo de 4% de share. "Neste ano não será possível", afirma o responsável, que prossegue: "Dificilmente ultrapassaremos os 3% de share (neste momento está com uma média de 2,2%), mas estou convencido de que chegaremos lá com a reformulação gráfica".

Para já, pede mais verba para a grelha porque a que foi orçamentada para 2014 "não terá sido muito diferente da de 2013" devido a "reduções posteriores dos orçamentos", afirmou à Notícias TV, onde revela as linhas gerais de programação para o último trimestre deste ano e arranque de 2015.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG