Como as redes sociais salvaram Conan O'Brien

O carismático apresentador foi inesperadamente despedido da NBC em 2010, depois de 16 anos a apresentar o "Late Night Show". Agora, no canal de cabo TBS, o comediante de 50 anos revelou como o Facebook e o Twitter o ajudaram a manter-se na ribalta.

"Quando saí [da NBC] não tinha forma de contactar com os meus fãs e de um dia para o outro aconteceu este fenómeno das redes sociais", afirmou Conan. "Eu não sabia o que o Twitter era há uns anos atrás. Agora tenho mais de 8 milhões de seguidores", acrescentou ele.

Juntamente com o Twitter, também o Facebook é fundamental para manter o programa do ruivo mais famoso da televisão: "Tem sido fantástico para nós, cerca de 25 milhões de visualizações no último mês só por alguns excertos. Estamos seriamente a pensar em formas de obter lucro com isto".

O'Brien acredita vivamente que esta nova fase dos media tem aumentado a interactividade com o seu público e tem ajudado, inclusivamente, a diminuir a dependência do seu programa relativamente aos patrocínios: "Se numa determinada altura tenho que pegar num pacote de Doritos e dizer "São deliciosos!" sem o reconhecer, é assustador. Não está correto, por isso temos que recusar".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG