"Ao início foi estranho estar sem o João"

Tânia Ribas de Oliveira garante que está a "agarrar com unhas e dentes" o desafio de apresentar o programa matinal Praça da Alegria sem João Baião, que se mudou para a estação de Carnaxide, mas confessa que foi preciso adaptar-se.

A apresentadora da RTP garante que está a "agarrar com unhas e dentes" o desafio de apresentar o programa matinal Praça da Alegria sem João Baião, que se mudou para a estação de Carnaxide, mas confessa que foi preciso adaptar-se.

"Ao início foi estranho estar sem o João, mas as coisas têm corrido bem, muito melhor até do que eu estava à espera. A reação das pessoas tem sido do mais carinhoso possível, é como se de repente eu andasse ao colo das pessoas", destaca Tânia Ribas de Oliveira, que aproveita para agradecer o facto de a estação pública não ter substituído o seu ex-colega de apresentação.

"Foi uma excelente postura da RTP deixar-me sozinha para evitar comparações desnecessárias. Qualquer pessoa que viesse seria comparada e acho que isso não seria justo", remata.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG