Ana Leal suspensa e impedida de entrar na TVI

Jornalista da TVI recebeu, esta manhã, nota de culpa no âmbito de um processo de inquérito e está impedida de entrar nas instalações da estação televisiva até conclusão do processo disciplinar.

Ana Leal está, desde esta manhã, suspensa e impedida de entrar nas instalações da TVI enquanto decorrem, garantem, o processo disciplinar de que está a ser alvo. "A nota de culpa foi entregue esta manhã", explica quem acompanhou o processo.

A jornalista da TVI recusa prestar quaisquer declarações sobre o processo. Segundo foi possível apurar, Ana Leal deverá dispor de dez dias para contestar nota de culpa. Até ao momento não foi possível obter uma declaração do diretor de Informação de Queluz de Baixo, José Alberto Carvalho,e da diretora-adjunta, Judite Sousa.

Recorde-se que, na base deste processo está um pedido de esclarecimentos enviado por Ana Leal ao diretor de Informação, José Alberto Carvalho, e ao Conselho de Redação da TVI acerca de uma peça jornalística sobre o Sistema Integrado de redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP), que estaria incluída no alinhamento de Jornal das 8 de 26 de janeiro, mas que acabou por não ser exibida nesse dia. A peça foi para o ar no dia seguinte, na TVI24, no bloco noticioso 25ª hora.

O caso foi a Conselho de Redação a 6 de março, que considerou "injustificado o facto de a peça de Ana Leal não ter entrado no alinhamento do Jornal das 8". A 20 de março, os editores da TVI rejeitaram ter havido "qualquer espécie de censura" em relação a uma peça da jornalista Ana Leal.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG