"A Guerra dos Tronos" lidera nomeações aos Emmy

A série "A Guerra dos Tronos" parte como favorita aos prémios de televisão norte-americanos, os Emmy, com 19 nomeações, foi hoje anunciado. Segue-se "Fargo", com 18. Entrega de estatuetas é a 25 de agosto.

A série "A Guerra dos Tronos", que prepara a sua sexta temporada, alcançou o maior número de nomeações, logo seguida pela mini-série "Fargo", inspirada no filme homónimo dos irmãos Coen, com 18 indicações para a estatueta.

"House of Cards", da Netflix, que foi no ano passado a primeira série realizada e produzida para transmissão na Internet a receber uma nomeação, voltou este ano a ser nomeada em várias categorias.

A série, que se desenrola em Washington, no centro da política norte-americana, protagonizada por Kevin Spacey, está nomeada entre outras categorias, para as de Melhor Ator e Atriz numa série dramática, e também para o Emmy que distingue a Melhor Série Dramática.

"Orange is the new Black", também produzida pela Netflix, e que em breve se estreará nos ecrãs nacionais, tem três nomeações, entre as quais a de Shilling Taylor para Melhor Atriz em Comédia, e ainda para Melhor Atriz Secundária e Melhor série de comédia.

Na categoria de Melhor Atriz de Comédia está nomeada Lena Dunham, criadora e protagonista de "Girls".

A série "True Detective", protagonizada por dois polícias que investigam o assassinato de uma jovem em Louisiana, também está entre os favoritos. Os atores Matthew McConaughey, que ganhou um Óscar este ano pelo seu desempenho em "O Clube de Dallas", e Woody Harrelson concorrem para a categoria de Melhor Ator numa série dramática.

Entre as mulheres, Claire Danes, que ganhou um Emmy no ano passado por "Homeland", Michelle Dockery, por "Downtown Abbey", Kerry Washington, por "Scandal", e Julianna Marguiles, por "The Good Wife", competem pelo Emmy para Melhor Atriz numa série dramática, ao lado de Robin Wright, já nomeada no ano passado, e a estreante Lizzy Kaplan, por "Masters of Sex".

"Masters of Sex" é inspirada na vida do casal de sexólogos William Masters e Virginia Johnson.

Para o Emmy de Melhor Série Dramática estão nomeadas, "True Detective", "Breaking Bad", "Downtown Abbey", "A Guerra dos Tronos", "House of Cards" e "Mad Men".

Jon Hamm, o enigmático e sedutor Don Draper de "Mad Men", está na lista para a categoria de Melhor Ator numa série dramática, assim como Bryan Cranston, o professor de química que se tornou narcotraficante em "Breaking Bad".

A cerimónia de entrega dos Emmy está marcada para o próximo dia 25 de agosto.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Legalização da canábis, um debate sóbrio 

O debate público em Portugal sobre a legalização da canábis é frequentemente tratado com displicência. Uns arrumam rapidamente o assunto como irrelevante; outros acusam os proponentes de usarem o tema como mera bandeira política. Tais atitudes fazem pouco sentido, por dois motivos. Primeiro, a discussão sobre o enquadramento legal da canábis está hoje em curso em vários pontos do mundo, não faltando bons motivos para tal. Segundo, Portugal tem bons motivos e está em boas condições para fazer esse caminho. Resta saber se há vontade.

Premium

nuno camarneiro

É Natal, é Natal

A criança puxa a mãe pela manga na direcção do corredor dos brinquedos. - Olha, mamã! Anda por aqui, anda! A mãe resiste. - Primeiro vamos ao pão, depois logo se vê... - Mas, oh, mamã! A senhora veste roupas cansadas e sapatos com gelhas e calos, as mãos são de empregada de limpeza ou operária, o rosto é um retrato de tristeza. Olho para o cesto das compras e vejo latas de atum, um quilo de arroz e dois pacotes de leite, tudo de marca branca. A menina deixa-se levar contrariada, os olhos fixados nas cores e nos brilhos que se afastam. - Depois vamos, não vamos, mamã? - Depois logo se vê, filhinha, depois logo se vê...