'Estado de Graça' com três prémios foi a surpresa

O programa de humor da RTP e os humoristas Joaquim Monchique e Maria Rueff foram galardoados no Casino Estoril pelo seu desemepnho. "Nossa, que violência!", vincou Rueff nos agradecimentos.

O humor da RTP foi ontem distinguido em três categorias na III edição dos Troféus de Televisão 2011, atribuídos pela revista TV7 Dias, que decorreu ontem à noite no Salão Preto e Prata do Casino do Estoril.

Estado de Graça venceu na categoria de melhor programa de humor. Em cima do palco, a atriz Maria Rueff agradeceu o prémio fazendo alusão a uma das suas mais populares imitações. "Nossa, que violência!", afirmou referindo-se à atriz e cantora Luciana Abreu. O público, presente na plateia, ao ouvir o curto discurso voltou a aplaudir Maria Rueff.

Também o humorista e ator Joquim Monchique, que integra o elenco de comediantes do programa Estado de Graça, viu o seu trabalho ser reconhecido. Venceu na categoria de melhor humorista masculino. "Agradeço este prémio à minha avó que morreu", afirmou o artista diante da plateia.

Pela segunda vez na noite, Maria Rueff subiu ao palco para agradecer o galardão de melhor humorista feminina. "Quero dedicar este prémio às minhas imitáveis. Só por existirem tanto é que vivem em mim. Obrigado, mesmo!", atirou.

Herman José, humorista e apresentador de televisão, viu o seu programa ser distinguido com o troféu de melhor talk-show. "Entendo este prémio como um sinal. Entendo-o como um bem vindo à vida. Espero voltar aqui para receber mais troféus".

A RTP arrecadou ainda outros troféus: Pai à Força venceu como melhor série de televisão;o pivô e jornalista de Jornal da Tarde João Tomé de Carvalho foi premiado com o troféu de melhor jornalista.

À TVI foram atribuídos 14 prémios. Judite Sousa ganhou o prémio para melhor pivô de informação e Marcelo Rebelo de Sousa foi premiado como melhor comentador.

No entretenimento a TVI ganhou ainda as distinções de melhor apresentadora para Teresa Guilherme, melhor programa para a Casa dos Segredos e melhor série infanto-juvenil para Morangos com Açúcar.

A estação de Carnaxide, SIC, brilhou na área da ficção nacional e informação.

Laços de Sangue foi premiada com o galardão de melhor telenovela; A Máquina, música do genérico de Rosa Fogo, venceu como melhor genérico. Protagonista da novela da SIC, Ângelo Rodrigues foi premiado como ator revelação.

Daniel Oliveira, apresentador do programa Alta Definição, foi eleito melhor apresentador de entretenimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG