Debate entre Jerónimo e Louçã foi o menos visto

Cerca de 894 mil telespectadores seguiram na quinta-feira o debate entre o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, e o coordenador do BE, Francisco Louçã, realizado na RTP1.

De acordo com dados da Media Monitor, empresa do grupo Marktest, este foi o debate para as legislativas com menor audiência até ao momento, registando uma audiência média ('rating') de 9,5 por cento e conseguindo uma quota de telespectadores ('share') de 24,2 por cento.

O segundo debate, que colocou "frente a frente" o secretário-geral do PS, José Sócrates, e Paulo Portas, realizado na TVI, foi o mais visto, registando uma audiência de 1,5 milhões de portugueses.

Na quarta-feira, cerca de 1,1 milhões de telespectadores seguiram o debate realizado na SIC entre José Sócrates e Francisco Louçã, tornando-o o segundo mais visto.

A estreia de Pedro Passos Coelho (PSD) nos debates sucedeu na terça-feira na TVI, com o presidente do PSD a defrontar Jerónimo de Sousa perante 970 mil telespectadores. Está na terceira posição.

O primeiro debate, entre Paulo Portas, líder do CDS-PP, e Jerónimo de Sousa, realizado na RTP1, prendeu 900 mil telespectadores ao pequeno ecrã. Ocupa p quarto ligar, seguindo-se, em quinto, o debate de quinta-feira entre Jerónimo de Sousa e Francisco Louçã.

O ciclo de debates entre os cabeças de lista dos principais partidos continua hoje com o frente-a-frente" na SIC entre os líderes dos partidos de direita, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG